14
fev
11

Romantismo ou alucinação?!

Em visita a mostra em cartaz no Museu Assis Chateaubriand -Masp, Romantismo: a arte do entusiasmo, algumas questões me fascinaram, outras me intrigaram.

Primeiro há que se destacar a beleza, coerência e precisão desta mostra, com artistas que vão de Turner a Tomie Ohtake, de van Gogh a Flavio de Carvalho.

Mas o que me levou a pensar foi o texto do curador Teixeira Coelho quando logo da abertura da exposição apresenta em seu texto a natureza, o corpo, as paixões, a paisagem urbano e o imaginário, como temas que além de nortearem o romantismo também caros a prática contemporânea.

Será que realmente a prática contemporânea é embebida de romantismo, ou, emaranhada em um simulacro, esta transformou os ideais românticos em rastros esquizofrênicos de alucinação?

Anúncios

0 Responses to “Romantismo ou alucinação?!”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: