30
set
10

Palanquismo Jornalístico

Qual é o papel da imprensa na cobertura eleitoral? Cobrir as campanhas com neutralidade ou apoiar candidaturas? Informar com imparcialidade ou publicar notícias tendenciosas e enviesadas? Nunca a imprensa foi tão partidarista como nestas eleições. Em vez de adotar uma postura isenta e imparcial, as oligarguias midiáticas assumiram o papel  reacionário e panfletário de cabos eleitorais. Fabricaram factóides, redigiram editoriais bombásticos, produziram matérias venenosas, manipularam pesquisas, distorceram informações, inventaram escândalos e acusaram sem provas. Cadê a apuração dos fatos? Cadê a pluralidade de opiniões? Cadê a diversidade de versões? Cadê o relato neutro? Enquanto o monopólio da informação permanecer nas mãos das famílias Frias, Mesquita, Civita e Marinho, sempre haverá uma imprensa golpista e denuncista que blinda a direita e ataca a esquerda.

Anúncios

0 Responses to “Palanquismo Jornalístico”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: